Início Destaques Itapevi encabeça discussão para criar Consórcio da Juventude na região oeste

Itapevi encabeça discussão para criar Consórcio da Juventude na região oeste

5
COMPARTILHAR
Itapevi encabeça criação de Cioeste Jovem. Foto: Pedro Godoy/ Ex-Libris / Secom PMI
Anunciantes

Nesta quinta-feira (5), a Prefeitura de Itapevi sediou um encontro de representantes municipais de juventude das cidades que integram o Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo). O evento aconteceu no Paço Municipal de Itapevi, no Centro, e teve como principal objetivo discutir a criação do Cioeste Jovem.

“O objetivo principal dos municípios é unir forças para solicitarem ações, programas, requerimentos e afins para os governos estadual e federal”, disse o coordenador de Juventude de Itapevi, Rodrigo Machado. “Esses encontros fortalecem as juventudes, criando uma agenda regional das ações e compreender a realidade de cada município, com a importância de equilibrar as políticas públicas na região”, completou o secretário municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Cláudio Dutra.

Além da sugestão de criar o Consórcio Jovem, os gestores falaram sobre os principais desafios da juventude no que diz respeito à geração de renda e educação. Os representantes expuseram também a realidade de seus municípios e discutiram os benefícios trazidos pelo programa ID Jovem, do governo federal.

Os gestores sugeriram também a criação de uma Feira do Estudante (Expo Estudantil) e do Dia do ID Jovem Regional, bem como a realização de um diagnóstico do Perfil Jovem Regional, que já vem sendo feito por Itapevi, além de uma Conferência Regional de Juventude e de Fóruns Municipais da Juventude, todos ainda para o 1º semestre de 2018.

Sobre o Cioeste

O Cioeste foi criado em 2013. Trata-se de um órgão deliberativo voltado para a elaboração de políticas públicas regionais, com autonomia para executar projetos, programas e licitações para contratação de serviços.

O Consórcio reúne nove cidades: Itapevi, Barueri, Santana de Paranaíba, Osasco, Jandira, Carapicuíba, Pirapora do Bom Jesus, Cotia e Vargem Grande Paulista. A soma do PIB dos municípios equivale a mais de 2% do Produto Interno Bruto nacional e uma população de quase dois milhões de habitantes.

As cidades assumiram o compromisso de buscar soluções compartilhadas para resolver os principais desafios da área metropolitana, além de desenvolver projetos inovadores para promover o bem-estar dos moradores.

Cooperações assinadas nos últimos anos estão se transformando em programas de alta performance e linhas de financiamento vêm sendo colocadas à disposição dos gestores públicos, para que eles possam empreender soluções locais que vão refletir em melhorias regionais.