Início Destaques Em entrevista exclusiva, prefeitura fala sobre “palco de R$ 4,6 milhões”

Em entrevista exclusiva, prefeitura fala sobre “palco de R$ 4,6 milhões”

A notícia falsa passou a ser compartilhada nas redes sociais no domingo (5) e causou dúvidas entre moradores.

COMPARTILHAR
Anunciantes

Muito se está falando a respeito dos gastos para a realização dos eventos do mês de aniversário de 59 anos de Itapevi.

A transparência é um dos fatores mais valorizados pelos Itapevienses na atualidade, o que abre margem para a atuação de políticos mal intencionados, que incentivam e até divulgam informações falsas, também conhecidas como “Fake News”, nas redes sociais, o objetivo, muitas vezes, é se beneficiar e se promover politicamente em meio ao caos causado pelas notícias falsas.

Enquanto a prefeitura anuncia custo zero para os cofres públicos, nas redes sociais, há quem afirma haver um contrato de R$ 4,6 milhões apenas para a montagem da estrutura (Palco, Som, Iluminação e outros equipamentos) apenas dos shows do aniversário da cidade.

Afinal de contas, o que é verdade e o que é mentira em toda essa história?

Em respeito ao cidadão, e zelando pela informação verdadeira, o Itapevi Realidade acionou a prefeitura de Itapevi para entender qual é a realidade por detrás de toda essa história, em uma entrevista por telefone com Eurico Ramos, Secretário Municipal, responsável pela secretaria de Comunicação e Resultados de Itapevi, apresentamos as principais dúvidas enviadas pelos nossos leitores.

Confira a entrevista abaixo:


Itapevi Realidade: A Prefeitura de Itapevi é ou não a responsável pelo pagamento do cachê dos artistas que farão shows na cidade?

Prefeitura de Itapevi: Não. A prefeitura não está pagando nenhum dos cachês. Os artistas Luan Santana e Fernanda Brum estão sendo pagos por meio do Centro de Tradições Nordestinas (CTN). Em 20 de Dezembro, a administração municipal abriu o chamamento público 016/2017 com o objetivo de fazer com que a iniciativa privada pagasse os artistas, tendo, em contrapartida a possibilidade de explorar a praça de alimentação montada para as apresentações – o chamamento público foi vencido pelo CTN, que apresentou a melhor proposta. Já a apresentação do maestro João Carlos Martins será paga pelo sistema Sesi.

Itapevi Realidade: A estrutura montada para esses 3 shows (Palco, Tablado, Som e Iluminação) foi paga pela Prefeitura? O valor disso foi de R$ 4,6 milhões para a empresa?

Prefeitura de Itapevi: A estrutura será paga pela prefeitura, mas a informação do valor não é verdadeira. Recentemente realizamos uma licitação para contratar serviços de montagem de palco e toda a estrutura (Iluminação, Som, Arquibancadas e outros equipamentos) de mais de 200 eventos ao longo dos próximos anos, a empresa vencedora deste processo licitatório será a responsável pelo serviço e a prefeitura pagará de acordo com a realização dos eventos, ou seja, cada evento terá um pedido de serviço, que serão pagos individualmente. O valor de R$ 4,6 milhões corresponde ao total que pode ser gasto, e não necessariamente a Prefeitura de Itapevi pretende gastar todo este valor.

Itapevi Realidade: Foram citados mais de 200 eventos ao longo do próximos anos. De quais eventos estamos falando? Poderia nos dar alguns exemplos?

Prefeitura de Itapevi: As formaturas dos alunos da rede municipal de ensino, as edições do Festival IT que acontecem mensalmente na cidade, todas as edições da Feira Noturna, que acontece todas as quintas-feiras, e da Rua de Lazer, que acontece todos os domingos, que inclusive também será realizada em outras áreas da cidade em breve, a cerimônia de 7 de Setembro, que será resgatada neste ano, a representação teatral da Paixão de Cristo, que é regionalmente famosa, além de muitos outros eventos de pequeno e grande porte que a prefeitura promoverá para a população da cidade.

Itapevi Realidade: Se o valor do contrato é de R$ 4,6 milhões e a prefeitura não pretende gastar todo este valor, porque o contrato não foi assinado com um valor aproximado do quanto se pretende gastar?

Prefeitura de Itapevi: A Prefeitura tem de se planejar e trabalhar a partir de uma previsão de longo prazo do número de eventos, levando em consideração as particularidades de cada evento – alguns exigem estruturas maiores, outras menores.

Itapevi Realidade: É possível estimar quanto será pago apenas pela estrutura dos shows de aniversário? Como a população terá acesso a esta informação?

Prefeitura de Itapevi: Teremos essa informação a partir de terça-feira (6). Todos o gastos da prefeitura estão disponíveis para qualquer pessoa no Portal da Transparência, todos os cidadãos podem fiscalizar todos esses gastos por lá.

Itapevi Realidade: A população reclama bastante a respeito das áreas da Saúde, Educação e Segurança na cidade. Estes valores gastos com os eventos não poderiam ser investidos em algumas destas áreas? Quais são os investimentos que a PMI fará nesta área em benefício da população?

Prefeitura de Itapevi: Esse valor não poderia ser investido em outras áreas porque tem dotação orçamentária específica, ou seja, cada área (saúde, educação, segurança, etc) tem a sua própria dotação para ser gasta de acordo com as necessidades de cada pasta. Para este ano, o orçamento previsto para educação é de R$ 193,6 milhões, uma alta de 9,3% em relação à previsão orçamentária de 2017. Já a saúde deve receber R$ 164 milhões. O montante representa uma alta de 5,8% em relação à estimativa enviada pela gestão anterior para o ano de 2017.