Início Destaques Bolsa merenda é cancelado e pais de alunos relatam indignação

Bolsa merenda é cancelado e pais de alunos relatam indignação

Bolsa merenda era pago mensalmente aos pais de alunos matriculados na rede municipal de ensino.

COMPARTILHAR
Bolsa Merenda
Foto: Bolsa Merenda / PMI
Anunciantes

Clique Aqui e envie um “OI” pelo WhatsApp para receber mais notícias de Itapevi e do Brasil em seu celular de graça


O Bolsa merenda chegou ao fim em Itapevi, o que gerou, em muitos pais de alunos da rede municipal, o sentimento de indignação.

O auxílio, no valor de R$ 100 mensais, teve início no final de março/20. O objetivo era ajudar as famílias dos alunos na compra de comida, depois que elas ficaram impedidas de ir até a escola por causa da pandemia do coronavírus.

Com mais de 29,5 mil alunos matriculados na cidade, o auxílio gerou um custo mensal de R$ 3 milhões para os cofres da cidade.

Além de positivo para as famílias, o Bolsa Merenda também trazia benefício para o comércio da cidade, onde as famílias podiam gastar o valor recebido.

Fim do auxílio

Em dezembro a prefeitura da cidade disse que iria parar com o pagamento do Bolsa Merenda em razão do fim do ano letivo de 2020.

No início de 2021, a prefeitura divulgou um plano de retomada das aulas e disse que as escolas municipais ficariam abertas para que os alunos pudessem merendar.

O não pagamento do Bolsa Merenda foi sentido pelas famílias, então passaram a falar do assunto por meio das redes sociais.

Os impactos para as famílias

Lidando com uma crise financeira e preocupados com o risco de contaminação das crianças pelo coronavírus, os pais de alunos tiveram que escolher se assumiriam o aumento das despesas com alimentação ou se liberariam seus filhos para se alimentar nas escolas durante a pandemia.


Leia também:

Governo começa a pagar novo auxílio emergencial em 6 de abril


Por medo de as crianças pegarem o vírus, muitas famílias preferem deixar de pagar as contas do mês do que levar elas até a escola.

“Passo o dia no trabalho, como vou deixar a minha filha de 8 anos se expor para comer na escola enquanto a minha tia, que cuida dela durante o dia, sofre de problema no pulmão? Deixo de pagar conta para garantir a comida em casa, apesar de pouco, o Bolsa Merenda ajudava”, afirmou a atendente, Carla Maria, que tem 29 anos e mora no bairro Cardoso.

O que diz a Prefeitura?

O assunto ganhou repercussão, então, a prefeitura de Itapevi falou a respeito dele por meio das redes sociais.

Segundo ela, o Governo Federal não permite o uso de recursos da merenda para pagar o auxílio Bolsa Merenda.

O município teria entrado na Justiça pedindo para utilizar o recurso da merenda como crédito no cartão, mas este pedido foi negado.

O comunicado termina citando que para que os estudantes tenham a chance de merendar, a prefeitura decidiu abrir todas as escolas municipais.

Fonte: PMI
COMPARTILHAR
Avatar
Jornalismo independente e critico, o site de notícias com a maior credibilidade e audiência de Itapevi!