COMPARTILHAR
Foto: Reprodução

A jovem Joice Maria da Glória Rodrigues, de 25 anos, que estava desaparecida há oito dias, foi encontrada morta e concretada em uma parede em São Vicente, no litoral de São Paulo. A Polícia Civil localizou o corpo da vítima nesta terça-feira (5). Ela havia sumido após visitar o avô, e a família informou que a última notícia que recebeu dela foi enquanto Joice estava em um ponto de ônibus e ligou para o esposo.

+Bebê de 6 meses morre com sinais de abuso sexual em Osasco

Segundo apurações, Joice foi localizada em um imóvel em construção na Rua Senador Lúcio Bittencourt, no bairro Esplanada dos Barreiros, em São Vicente. O corpo foi concretado em uma parede, embaixo de uma escada.

+PM prende homem e recupera parte de carga de carnes roubada em Carapicuíba

Um homem foi preso e outro suspeito é ouvido por equipes da Delegacia de Homicídios de Santos. A Polícia Civil não informou o que os suspeitos relataram em depoimento até a última atualização desta reportagem.

Desaparecimento

Joice desapareceu no dia 27 de setembro. Estudante, ela morava no bairro Quarentenário, na Área Continental da cidade, com o esposo e duas filhas. Ela saiu para visitar o avô, que mora no bairro Parque Bitaru, na Área Insular, durante a tarde do dia do desaparecimento. Ela ficou no local até por volta das 19h, quando saiu. Desde então, ninguém conseguiu localizar a jovem.

+Polícia Civil detém dupla com mais de 3 mil porções de drogas em Carapicuíba

“A última vez que entrou em contato com o esposo foi de noite, ela disse que estava no ponto para pegar a condução e ir para casa. Ele ficou esperando ela, mas o tempo foi passando e ela não apareceu”, disse a irmã da jovem, Maria da Glória Rodrigues, em entrevista.

Segundo a irmã, Joice nunca havia desaparecido antes. Desde então, familiares passaram a ligar para o telefone dela, que caía na caixa postal todas as vezes. Também fizeram o trajeto que ela percorreria até chegar em casa algumas vezes, em busca de pistas.

A família registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento de pessoa na Delegacia Sede de São Vicente, para a polícia investigar o caso.

Fonte G1