Governo de SP libera construção de 550 moradias em Carapicuíba
Foto: Reprodução/Gov. SP

O governador Rodrigo Garcia liberou neste domingo (26) a construção de 550 moradias para a população de baixa renda de Carapicuíba e o atendimento habitacional de 150 famílias que vivem em área de risco, além da reforma de 121 domicílios no município. Na ocasião, Rodrigo também autorizou o início das obras do viaduto Carapicuíba, parte do Corredor Metropolitano Itapevi-São Paulo e que irá ligar o Terminal de Carapicuíba ao Terminal Luiz Bortolosso (km 21) em um percurso de 2,2 km.

Leia mais:

+Itapevi libera quarta dose para pessoas com mais de 40 anos

+Itapevi oferece curso presencial para empreendedores

+Briga de torcidas rivais de futebol deixa torcedor morto em Itapevi

+Itapevi promove inédito Festival da Diversidade e Cidadania

“Com o Viver Melhor, pela primeira vez, o Governo de São Paulo vai poder entrar na casa das pessoas, que estão em situação delicada, e fazer melhorias. As casas serão reformadas completamente pelo Estado, sem custos às famílias”, afirmou Rodrigo.

Pelo Programa Nossa Casa-CDHU, foi autorizada, em terreno doado pela prefeitura, a construção de 354 apartamentos destinados ao reassentamento de famílias removidas da área em que será construído o viaduto Carapicuíba. Serão investidos R$ 54,2 milhões na obra e, até o empreendimento ser concluído, as famílias recebem auxílio moradia no valor de R$ 400.

O governador também autorizou o aporte complementar de R$ 12,9 milhões para viabilizar a retomada e conclusão do empreendimento Carapicuíba I (Pequiá), composto por 196 apartamentos. Os recursos serão repassados pela CDHU para a prefeitura, responsável pela execução das obras, que disponibilizará R$ 4,4 milhões como contrapartida para a finalização do empreendimento.

Foi ainda realizado convênio entre a CDHU e a prefeitura para atendimento habitacional definitivo, por meio de carta de crédito, de 150 famílias que residem em área de risco às margens do Córrego Cadaval. Serão liberados R$ 27 milhões para as famílias adquirirem as novas moradias, com apoio da área social da CDHU.

Carapicuíba também receberá o Programa Viver Melhor, destinado à recuperação interna e externa de domicílios precários. Foram liberados R$ 2 milhões para a reforma de 121 moradias situadas no núcleo habitacional Cadaval.

Mobilidade

Com o viaduto Carapicuíba, o trecho do Corredor Metropolitano seguirá pelas avenidas Governador Mario Covas, Desembargador Dr. Luís Eduardo Cunha de Abreu e avenida dos Autonomistas. Além do elevado, as obras preveem a readequação do viário ao longo do trecho e duas estações de embarque e desembarque.

“Demos um passo importante para o corredor ficar pronto, melhorar a fluidez do trânsito e a segurança do transporte”, disse o governador. “E, mais importante, é que essas obras geram empregos aqui em Carapicuíba”.

O investimento previsto nas obras do viaduto é de R$ 66,9 milhões, com previsão de conclusão dos serviços no final de 2023. O trecho terá em circulação 30 linhas intermunicipais operadas pelo Consórcio Anhanguera e 16 linhas municipais de Carapicuíba. O sistema metropolitano na Área 2 de concessão (região de Osasco), gerenciado pela EMTU, conta com 167 linhas que transportam diariamente 321 mil passageiros.