Foto: Felipe Barros ExLibris PMI

Itapevi continua sendo destaque no cenário nacional quando o assunto é gestão púbica. Após avançar nos índices CAPAG, emitido pelo Ministério da Fazenda, e Transparência, divulgado pela Controladoria Geral da União (CGU), Itapevi se destaca no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado, nesta semana, pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.

Na pesquisa referente a 2020, Itapevi alcançou a marca de 0.9313 pontos, em uma escala que vai de 0 a 1.000. Um aumento significativo, uma vez que em 2015, o município obteve apenas 0.5188.
O ranking do IFGF coloca Itapevi como o 11º município entre os 645 do Estado de São Paulo e como o 83º entre as 5.239 cidades do Brasil avaliadas.
O índice é baseado em quatro indicadores: autonomia, gastos com pessoal, liquidez e investimentos. Itapevi obteve nota máxima (1.0000) em autonomia, gastos com pessoal e investimentos. No indicador de liquidez, a cidade ficou com 0.752, que segundo a avalição representa boa gestão.

“Durante a primeira campanha para prefeito, em 2016, sempre dizia: ‘o que falta em Itapevi não é recurso, é gestão e planejamento’. Hoje, os indicadores e o avanço da cidade comprovam que com boa vontade e trabalho em equipe é possível sim fazer a diferença”, destacou o prefeito Igor Soares (Podemos).

Os dados da pesquisa foram coletados entre os 5239 municípios que enviaram dados estatísticos oficiais à Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Economia.