jovem-morre-esmagado
Foto: Reprodução

Um jovem de 29 anos morreu após ser esmagado por um brinquedo de um parque de diversões localizado na rua Maria Helena da Costa, no bairro Cidade Nova II, em Itu, no interior de São Paulo. O acidente aconteceu por volta das 23h desta quinta-feira (28).

Outras cinco pessoas também ficaram feridas. O caso se deu em uma atração chamada Superman. De acordo com relato de testemunhas, uma das vítimas abriu a grade de segurança do brinquedo ainda em funcionamento e ficou agarrado a ela, em pé.

+ Wesley Safadão rejeita acordo de R$ 1 milhão por vacinação irregular

+ Grupo BIG abre vagas de emprego em Barueri

Então o operador do brinquedo interrompeu a atividade. Nesse momento, o homem teria caído e a estrutura do brinquedo o teria prensado contra o solo. A vítima, William Ribeiro de Oliveira, foi socorrida, mas não resistiu.

Nos vídeos enviados à Record TV, é possível ver o desespero das pessoas que estavam no local após perceberem que o jovem havia ficado gravemente ferido. William chegou a fazer um vídeo enquanto brincava no parque, momentos antes de ser ferido. Outros vídeos feitos por celulares mostram a gritaria e o desespero no momento do acidente.

+ Ice Creamy, maior rede de sorvete na pedra do Brasil, abrirá quiosque em Itapevi

Um operador de empilhadeira, de 24 anos, e um ajudante geral, de 33, ambos funcionários do local, serão investigados. O caso foi registrado como homicídio e lesão corporal pelo plantão da delegacia da cidade, que solicitou perícia aos institutos Médico Legal (IML) e de Criminalística.

Segundo a prefeitura da cidade, o parque tinha alvará, que autorizava seu funcionamento. A Guarda Civil Municipal ficou a noite toda no local, acompanhando a Polícia Militar no resguardo da área, enquanto houve a perícia.

+ Grávida de 7 meses morre após usar medicação para abortar; namorado foi preso

O parque já foi fechado e começa a ser desmontado nesta sexta-feira (29). Houve atendimento de cinco feridos, que foram socorridos pelas ambulâncias da prefeitura e levados para diferentes unidades de Saúde do município (PAM Vila Martins, UPA e Santa Casa).

Fonte R7