Clique Aqui e envie um “OI” pelo WhatsApp para receber mais notícias de Itapevi e do Brasil em seu celular gratuitamente


O ministério público de Itapevi, motivado por uma denúncia anônima de Improbidade Administrativa apurou e identificou indícios de irregularidades nas peças publicitárias do Resolve Fácil de Itapevi.

A Promotora de Justiça, Dra. Daniela Dermendjian Duprat Avellar, determinou, na tarde desta quinta-feira (30), que toda a publicidade disponível no município seja retirada de circulação em até 24 horas, boa parte do material publicitário está estampado na parte traseira dos ônibus municipais da cidade.

Segundo a notificação do MP, as peças violam os princípios da Impessoalidade e Moralidade, uma vez que a mulher que aparece nas propagandas, Iris Villela, é funcionária comissionada da prefeitura e em 2016 fez parte da coligação de apoio a Igor e Teco como candidata a vereadora pelo Partido da República (PR), segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a candidata a vereadora recebeu 367 votos.

O ministério público vai abrir investigação sobre o caso, se ficar configurado que o dinheiro dos cofres do município foram utilizados para promoção da imagem e do nome da ex candidata Iris Villela do PR, o prefeito da cidade responderá por improbidade administrativa.

O que diz a prefeitura de Itapevi

O Itapevi Realidade entrou em contato e ofereceu espaço para que a prefeitura da cidade se manifeste a respeito do assunto, via e-mail ela informou: “A Prefeitura de Itapevi atenderá a notificação expedida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo e recebida na data de hoje, 30 de maio de 2019, quanto a suspensão da publicidade”.

Atualizado em 30/05 às 21:43.