Vereadora Tininha envia nota de esclarecimento ao Itapevi Realidade

A matéria sobre as 126 multas aplicadas aos vereadores de Itapevi entre 2013 e 2016 publicada na última quarta-feira 03/08 pelo Itapevi Realidade teve grande repercussão, nas redes sociais, a matéria foi compartilhada 269 vezes (Fan Page 158 e Perfil 111), alcançando aproximadamente 22 mil pessoas no facebook sem a utilização de ferramenta de promoção de conteúdo. No site, a Matéria foi vizualida quase 7 mil e 500 vezes, o que demonstra a credibilidade do jornalismo praticado pelo Itapevi Realidade junto à população da cidade.

A notícia causou inúmeras reclamações dos leitores no facebook, muitos se disseram revoltados com o volume de infrações de trânsito cometidas pelos vereadores, outros se mostraram indignados, alegando que esperavam ao menos respeitos às leis por parte dos seus representantes na câmara municipal, Segundo fonts próximas aos vereadores, moradores chegaram a contatar os vereadores para export suas insatifações com os númros divulgados pela matéria.

Na tarde desta sexta-feira (05/08) a assessoria de imprensa da vereadora Erondina Ferreira Godoy – Tininha solicitou ao Itapevi realidade que publicasse uma nota de esclarecimento oficial, a qual publicamos na íntegra a seguir:

Nota de Esclarecimento

Quero esclarecer algumas questões sobre as multas de trânsito mencionadas na matéria do Itapevi Realidade. Vale destacar que qualquer infração de trânsito não é debitada no orçamento da Câmara, mas sim descontada do subsídio (em outras palavras: salário) do vereador ou do motorista que fica responsável pelo veículo.

No meu caso, o carro que está a serviço do meu gabinete fica em meu nome, mesmo tendo um motorista a serviço do gabinete, pois não acho justo que o motorista tenha que pagar as multas, já que dirigi a serviço do gabinete. Por isso, as multas tomadas pelo meu motorista sempre aparecerão em meu nome. 

Aproveito para informar que as multas sofridas nas cidades de Osasco, São Paulo, Itapevi e Carapicuíba já foram descontadas e os comprovantes de pagamento das multas estão à disposição para consulta em meu gabinete.

Os valores pagos por mim são inferiores aos 44 mil reais mencionados na matéria. Basta consultar o portal da transparência para ver que os valores são inferiores.

Assim como todos vocês essa questão me deixa muito chateada e por isso sigo instruindo meu motorista sobre as multas.

Reforço que estou à disposição para esclarecer qualquer dúvida.”

O Itapevi Realidade esclarece que na matéria publicada, não citou que a despesa das multas em nome da vereadora Tininha somam o valor de R$ 44 mil, conforme consta na nota enviada por sua assessoria, mas sim que este valor se refere a despesa total da câmara com multas entre 2013 e 2016, conforme consta no portal da trânsparência da Câmara e paragrafo a seguir retirado da matéria publicada:

No periodo de 2013 a 2016, a Câmara dos vereadores de Itapevi registrou um volume de despesas com multas de trânsico que se aproxima dos R$ 44 mil

O Itapevi Realidade reitera o compromisso de fornecer ao seu público informações fundamentadas em fatos e dados reais, disponibilizando espaço para publicar as manifestações de qualquer pessoa citada em qualquer matéria veiculada por ele.