Amazon lança recurso que imita voz dos parentes mortos no Alexa
Fonte: Reprodução SBT NEWS

Durante sua conferência anual, MARS, a Amazon revelou um recurso de inteligência artificial que aprende e imita a voz dos parentes mortos dos usuários.

Durante a demonstração, o vídeo mostra uma criança pedindo a Alexa para ler uma história de ninar com a voz de sua avó morta.

“Como você viu nesta experiência, em vez da voz de Alexa lendo o livro, é a voz da avó da criança”, explica Rohit Prasad, cientista-chefe da Amazon para o Alexa AI.

O cientista explicou que é cada vez mais importante acrescentar ‘atributos humanos’ aos sistemas de IA, principalmente em épocas com muitas mortes, como o período atual da pandemia de covid-19, tentando acolher e aliviar a dor da perda por meio da tecnologia.

“Embora a IA não possa eliminar a dor da perda, ela pode definitivamente fazer suas memórias durarem”, disse Prasad.

A Amazon não detalhou se a novidade será disponiblizada ao público, mas confirmou que seus sistemas podem aprender a imitar a voz de alguém a partir de um minuto de gravação.

Com um minuto de voz gravada, tecnologia consegue reproduzir qualquer voz humana | Reprodução/Amazon

Para Prasad, o recurso pode permitir que os clientes tenham “relacionamentos pessoais mais duradouros” com falecido, e que muitas pessoas já usam a inteligência artificial para esta finalidade.

Empresas mundo afora já criaram chatbots que imitam entes queridos mortos a partir de uma IA que é treinada a partir de uma base de dados de voz armazenada.

Assista ao momento em que a novidde é apresentada (minuto 1:01:02 – em inglês):

Fonte: Reprodução SBT NEWS