Boliviano é preso suspeito de escravizar mais estrangeiros em Carapicuíba
Foto: Reprodução
A Polícia Civil prendeu em flagrante um costureiro, de 23 anos, por manter cerca de dez pessoas, com idades entre 12 e 53 anos, trabalhando em condições análogas à escravidão, na noite da última segunda-feira (3), na rua Vaticano, na área rural de Carapicuíba.
Policiais civis do 1º Distrito Policial da cidade foram informados sobre os fatos e, no endereço indicado, encontraram uma oficina de costura e alguns quartos. Havia também sujeira e alimentos estocados de maneira irregular.
As vítimas contaram que vieram da Bolívia para trabalhar. No entanto, assim que chegaram foram expostos a condições excessivas de trabalho, como uma jornada das 7h às 22h. Além disso, eles também não tinham direito à hora extra e horário de alimentação adequado.
O caso foi registrado como redução a condição análoga à de escravo e agenciar, aliciar, recrutar, transportar, transferir, comprar, alojar ou acolher pelo 1º DP do município.
Fonte SSP