Casos de varíola dos macacos voltam a subir nas cidades de Osasco e Itapevi
Fonte: Reprodução/Giro S/A

Aumentam os casos de varíola dos macacos em todo o país, de acordo com recentes informações do Ministério da Saúde. O Brasil já soma 219 confirmados e o estado de São Paulo é o mais atingido com cerca de 155 pacientes (há dados controversos, que afirmam que o número já chega a 158).

Entre as doze cidades da região metropolitana oeste da Grande São Paulo* que fazem parte de um consórcio de municípios, Cajamar registrou uma pessoa infectada com o vírus, enquanto Osasco soma dois pacientes e a cidade de Itapevi quatro. Perguntada sobre novos casos na região, a secretaria da Saúde do Estado não se pronunciou até o fechamento desta matéria.

De acordo com os infectologistas, essa doença se espalha com muita velocidade e as crianças e grávidas são o grupo que corre mais risco entre todos. É preciso ficar atendo aos sintomas, que são: febre, fadiga, dores musculares, erupção cutânea, vômitos, diarreia, calafrios, dor de garganta ou dor de cabeça, que começam a aparecer de cinco a 21 dias após a contaminação. Felizmente, a maioria das pessoas se recupera bem, sem complicações.

*Cidades da região metropolitana oeste da Grande São Paulo: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque, Vargem Grande Paulista


+Prefeitura abre inscrições para 112 vagas de cursos profissionalizantes gratuitos

+Feira livre do rainha será realizada em novo endereço

+Carreta da saúde continua no nova cotia até dia 22