COMPARTILHAR
Foto: Reprodução

O apresentador Celso Portiolli usou suas redes sociais nesta terça-feira, 28, para contar aos fãs que dará início a um tratamento de imunoterapia contra o câncer. O apresentador conta que foi diagnosticado recentemente com pólipo na bexiga na fase precoce e realizou a retirada neste mês.

“Foi feito um procedimento endoscópico para a remoção desse pólipo e agora eu vou ter que fazer um tratamento instravesical, que é dentro a bexiga, uma imunoterapia chamada BCG”, contou o apresentador em seu Instagram.

A terapia BGC será administrada diretamente na bexiga através de um cateter inserido pela uretra. Esse tipo de terapia ativa as células do sistema imunológico na mucosa da bexiga, que passam a atacar as células do câncer. O objetivo é destruir todas as células cancerígenas remanescentes.

Segundo ele, as chances de cura com essa terapia são próximas de 100%. “Isso me deixou bastante aliviado, otimista e feliz que vai dar tudo certo”, afirmou.

Portiolli também disse que a terapia não vai alterar em nada sua rotina, e ele continuará trabalhando, como sempre fez. “Durante meu tratamento, vida absolutamente normal, vou continuar fazendo academia, fazendo os programas de televisão.”

Celso Portiolli também agradeceu a toda equipe que cuidou dele no Hospital Albert Einstein e que continuará acompanhando a evolução do tratamento.

+Criança morre após ser atingida por explosivo enquanto dormia em casa

+Jogador de futebol de Osasco é achado morto no litoral de SP

Câncer de bexiga

O câncer de bexiga atinge as células que cobrem o órgão.  Quando se limita ao tecido de revestimento da bexiga, é chamado de superficial, que é o caso do apresentador.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca),  homens brancos e de idade avançada são o grupo com maior probabilidade de desenvolver esse tipo de câncer. O cigarro pode aumentar o risco da doença.

Entre os sinais de alerta da doença, estão: sangue na urina, dor e necessidade frequente de urinar, mas com dificuldade.

Fonte Catraca Livre