Espaço atenderá até 150 crianças e adolescentes
Espaço atenderá até 150 crianças e adolescentes

Nesta sexta-feira (6), o prefeito Jaci Tadeu inaugurou um espaço dedicado a crianças e jovens que necessitam de atenção psicológica e psiquiátrica. Trata-se do Centro de Atenção Psicossocial (CAPSi II) Infanto-Juvenil “Ciranda”, que acolherá até 150 pessoas, inicialmente. O espaço fica na rua Brasília de Abreu Alves, 65 – Vila Nova Itapevi.

 

De acordo com a coordenação do centro de atenção, o novo CAPS terá toda a estrutura para atender crianças e jovens (de 0 a 17 anos). Por se tratar de um espaço residencial – com cerca de 584m² – as crianças poderão sentir como se o ambiente fosse uma extensão de suas moradias. São dois andares distribuídos em salas de oficinas e de brinquedoteca, além de sala de enfermagem e ambientes administrativos, entre outros.

 

Uma equipe formada por psicólogos, terapeuta ocupacional, assistente social, enfermeiro, técnico de enfermagem e administrativo, vai contribuir para ressocializar o jovem para as atividades do dia a dia, como ir à escola por exemplo. Vale lembrar que o espaço é direcionado para transtornos graves e severos. Isso se dá após um acompanhamento dos profissionais durante o tratamento. Já as crianças e jovens diagnosticados com transtornos leves são encaminhados para uma das quatro UBS que contam com o serviço de atendimento psíquico.

 

Para o vice-prefeito Fláudio Azevedo, a entrega de um equipamento como o CAPSi simboliza um avanço no cuidado com as pessoas. “No passado, crianças, jovens e adultos com deficiências não recebiam tratamento adequado do poder público. Hoje essa história vem mudando, através de pessoas com uma visão de mundo mais ampla, como os gestores de nossa cidade, que reconhecem a importância de se tratar com dignidade e atenção nossos munícipes”, destacou Fláudio.

 

O prefeito Jaci Tadeu anunciou ainda a instalação de uma outra unidade do CAPS, dessa vez para oferecer tratamento multidisciplinar para alcoólatras e pessoas que usam drogas. Trata-se do CAPS II AD “Reconstruir”, que deve ser inaugurado em até 90 dias. “Hoje, Itapevi investe 30% do orçamento municipal em saúde, o dobro do exigido em lei. Temos como meta ampliar e qualificar o atendimento em saúde pública direcionado à população. Com essas unidades, atendemos a mais essa demanda de serviços por parte da comunidade”, finalizou Jaci Tadeu.