Clique Aqui e envie um “OI” pelo WhatsApp para receber mais notícias de Itapevi e do Brasil em seu celular gratuitamente


Segundo o Ministério da Saúde, Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em dezembro de 2019 após casos registrados na China, este novo agente provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19), que tem gerado grande preocupação atualmente.

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

Fique tranquilo pois a maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida e já há um controle destas infecções, porém, como este novo agente do coronavírus é pouco conhecido e tem uma alta capacidade de ser transmissão, é importante que toda a população esteja atenda e agindo para prevenir a contaminação por este vírus.

Quem corre mais risco com o coronavírus?

É importante lembrar que o novo coronavírus (COVID-19), apesar de ser transmitido com muita facilidade, possui uma baixa capacidade de matar as pessoas infectadas, especialmente entre os mais jovens, a letalidade é maior entre os idosos a partir dos 65 anos. Por exemplo na China: a taxa de mortalidade entre os infectados até 40 anos é de 0,2%. Entre 70 e 79 anos, é de 8%. E acima de 80 anos, sobe para 14,8%.


Leia também:

Com 2.6 milhões de membros no Brasil, Igreja cancela cultos por tempo indeterminado em São Paulo

Com avanço do Coronavírus, Prefeitura de Itapevi cancela eventos e toma outras medidas


Pessoas que tenham diabetes, problemas respiratórios e doenças cardíacas também estão incluídas no grupo de risco, as pessoas fumantes, já possuem a capacidade pulmonar prejudicada pela exposição a substâncias nocivas do cigarro, o que favorece o aumento de doenças como enfisema pulmonar e bronquite. Como o pulmão já está debilitado, o risco de desenvolver a covid-19 é bem maior.

Homens ou mulheres, quem corre mais risco?
Segundo a OMS, os homens morrem mais do que as mulheres em decorrência do Sars-Cov-2. A taxa de mortalidade na China, em meados de fevereiro, era de 2,8% para os homens e de 1,7% para as mulheres. No surto de Sars de 2003, em Hong Kong, as taxas eram semelhantes. As gripes comuns também atingem os homens com mais força do que as mulheres.

O sistema imunológico das mulheres é mais resistente do que o dos homens. Isso se deve ao hormônio feminino estrogênio, que estimula o sistema imunológico e combate agentes patogênicos de forma mais rápida e eficaz. O hormônio masculino testosterona, ao contrário, inibe o sistema imunológico.

E para as crianças, qual é o risco?

As crianças não são as mais atingidas pelo novo coronavírus. Até agora, não há crianças entre os mortos.

Claro que também crianças são infectadas, mas elas não desenvolvem a doença ou apenas apresentam sintomas leves. A explicação ainda não é conhecida. Médicos acreditam que isso se deva à imunidade inespecífica, que todo ser humano tem ao nascer e que age da mesma maneira contra qualquer agente estranho ao organismo.

Quais são os principais sintomas?

Como se preteger?

Além das recomendações acima, é importante lembrar que é recomendado as pessoas evitem frequentar lugares aglomerados ou por onde passam muitas pessoas (metrô, shopping, igrejas, etc.) Se puder, prefira ficar e trabalhar em casa. Ao se expôr desnecessariamente, você corre risco de ficar doente. E mesmo que tenha apenas sintomas leves da covid-19 (ou nem tenha sintomas), estará sujeito a transmiti-la a quem pode apresentar problemas graves, colocando um número maior de vidas em perigo.

Não é momento de pânico. Toque sua vida normalmente, tomando sempre os cuidados de prevenção divulgados.

Confira video com instruções do Ministério da Saúde.