Foto: Reprodução

Clique Aqui e envie um “OI” pelo WhatsApp para receber mais notícias de Itapevi e do Brasil em seu celular gratuitamente


O corpo da menina de quatro anos que foi atacada e morta pelo cachorro da família, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi enterrado neste domingo (1º), no Cemitério de Bongaba, em Piabetá.

No sábado (31), Esther Vianna da Silveira estava brincando no quintal de casa com outras crianças quando foi atacada pelo animal, um rottweiler que, segundo a mãe, convivia diariamente com a menina havia dois anos.

A menina chegou com vida à Unidade Pré-Hospitalar e Ambulatorial de Xerém, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a Secretaria de Saúde de Duque de Caxias, ela apresentava lesões gravíssimas na cabeça e face, com laceração de couro cabeludo e sinais de fraturas de crânio e perfurações múltiplas de tórax, sinalizando ocorrência de pneumotórax.

Esther morreu após ataque de cachorro da família em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense — Foto: Reprodução/ TV Globo
Esther morreu após ataque de cachorro da família em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense — Foto: Reprodução/ TV Globo

“A família toda sempre se deu bem com o cachorro. Foi uma coisa surpresa para todo mundo. Até para a família”, disse Larissa Silva Santos, amiga da família.

Outra amiga da família lembrou que Esther era uma menina feliz.

“Era uma menina alegre, feliz. A lembrança que eu tenho dela é fazendo o cabelo, pedindo para fazer as mechinhas rosa. Ela se arrumando para ir para a festa junina e pedindo para fazer vídeo”, afirmou Priscila Almeida Silva.