COMPARTILHAR
WhatsAppcorpo-de-marilia-mendonca-Image-2021-11-05-at-16.47.55-1-1024x605

O corpo da cantora sertaneja Marília Mendonça, que morreu nesta sexta-feira (5) em um acidente aéreo, está sendo levado para o Posto Médico Legal de Caratinga, na região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Lá, o cadáver da artista será periciado. Posteriormente, será liberado para a família providenciar o velório e sepultamento.

+ Famosos lamentam morte da cantora; veja repercussão

Marília Mendonça e mais quatro pessoas perderam a vida depois que um avião bimotor caiu em uma cachoeira, em Piedade de Caratinga. Ela vinha para o estado mineiro realizar dois shows. Além dela, também faleceram o piloto, o copiloto, o seu produtor Henrique Ribeiro e o seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho.

Ainda não se sabe as causas do acidente e o caso será investigado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O avião havia decolado de Goiânia.

Marília Mendonça tinha apenas 26 anos e deixa um filho de 2 anos. 

História

Ainda  menor de idade, Marília Mendonça começou a se destacar como compositora, aos 12 anos iniciou nas escritas com a canção “Minha Herança”, assinada por ela e pelo Frederico. Nesse mesmo período, Marília compôs também “Vai ter balanga”. Mesmo com  pouca idade, ela coleciona grandes sucessos como compositora, “É Com Ela Que Eu Estou” – na voz de Cristiano Araújo, “Até você voltar” e “Cuida Bem Dela” – sucesso de Henrique & Juliano.

Em 2015 Marília Mendonça (aos 20 anos de idade) gravou seu primeiro DVD, com direção musical de Eduardo Pepato e direção de vídeo de Fernando Trevisan, o Catatau. Quando lançou este trabalho, impressionou o Brasil, de lá saíram sucessos que foram destaques nacional, como “Sentimento Louco” e  “Infiel”, esta última foi uma das músicas mais cantadas e tocadas do ano de 2016.

Em 2016 (08 de outubro) Marília Mendonça lançou seu segundo DVD intitulado de Realidade, no repertório músicas inéditas sendo que uma delas virou hit, como “Eu Sei de Cor” e outra já conhecida pelo público como a “Infiel”. A gravação aconteceu no dia 08 de outubro no Sambódromo em Manaus

De lá pra cá muitas coisas mudaram, mas uma coisa não mudou: sua crescente como cantora! Seus sucessos se tornaram hits e estouraram em cadeia nacional. Marília Mendonça começou com uma média de 15 shows por mês, hoje faz cerca de 25 e é conhecida como rainha da “sofrência”.

Em números nas redes sociais também, deixando pra trás muitas artistas internacionais, alcançando marcas como 3 bilhões de visualizações e mais de 5 milhões de inscritos no canal oficial do youtube.

Além de músicas em novelas e coletâneas de sucesso, multidões acompanhando a cantora nos shows em que se apresenta, tanto nos dela individual, como nos eventos Festeja e Festa das Patroas.

Fonte: O tempo