Prefeitura inicia construção de equipamento esportivo multiuso. Foto: Felipe Barros/ Ex-Libris/ Secom PMI

A creche Recreação Infantil Tia Cassia, está funcionando normalmente e tem que apresentar documentação que autorize o seu funcionamento até o dia 31 de maio.

Uma matéria publicada no dia quarta-feira (16) pelo Itapevi Realidade clique aqui para ler, revelou o relato da mãe de um aluno que afirma que seu filho de 6 anos foi vítima de maus-tratos por uma “tia” responsável por cuidar das crianças.

Opinião da redação

Itapevi, assim como o Brasil, é um verdadeiro BANANAL. Aqui se faz o que quer, quando quer e ninguém pode falar nada, se vivêssemos em um lugar sério, o cidadão teria medo, é isso mesmo, medo de fazer algo errado.

Mas em um lugar onde se pode pintar e bordar, fazer o que quiser, e como punição, receber uma salva de palmas e um beijo no nariz das “autoridades” públicas, bobo, para não dizer trouxa, é aquele cidadão que se preocupa em fazer tudo conforme manda a lei.

O poder público é injusto com o cidadão de bem, mas bondoso e carinhoso com o cidadão que cospe nas leis e não contribui com a sociedade. Definitivamente, fazer as coisas da forma correta, é coisa de bobo.

Uma cidade séria, que respeita o cidadão honesto, o empresário correto e as empresas que cumprem o seu dever, jamais deixaria, em respeito àqueles que fazem a coisa do jeito certo, que alguém que não apresente imediatamente uma autorização para exercer determinada atividade, continue a exercê-la, muito menos por 10 dias.

Imagine se adotarmos essa regra para os motoristas que forem flagrados dirigindo sem CNH, os médicos que estiverem operando sem ter o CRM, os advogados que estiverem advogando sem aprovação na OAB, e os contadores que estiverem assinando balanços financeiros sem o CRC..

É necessário entender que todo cidadão pode exercer uma atividade ou ter a sua empresa, mas existem regras para isso, e elas não só existem, como também devem ser cumpridas por todos, sem nenhuma exceção.

É necessário pagar impostos, é necessário ter responsabilidades caso algo aconteça de errado, é necessário necessário ter respeito para o bem do seu negócio e para o bem dos seus clientes.

Sabe-se que isso só está acontecendo em função de haver a deliberação 001/2000, que fixa normas para a educação infantil do sistema municipal de ensino em Itapevi, ou seja, é um erro aprovado há 18 anos atrás, por representantes despreparados, incompetentes, irresponsáveis, dissimulados, atrasados, e que hoje, colocam em cada cidadão, empresário, trabalhador e empresa itapeviense, que zelam por estar dentro da lei, um nariz de palhaço bem grande e vermelho.

Este e tantos outros casos comprovam a incompetência de quem representa o povo desta cidade, o curioso, é que ainda assim, estes mesmos representantes, que não fazem o seu papel de fazer uma lei coerente e de fazer com as leis sejam cumpridas por todos, têm a audácia de criticar a população quando esta descumpre essas e outras leis, logando lixo e entulho aonde não deve, pichando patrimônio público recém pintado, e por ai vai….

Aprendam uma coisa, a ordem e o progresso JAMAIS chegam a um lugar onde não existe Coerência.