Foto: Reprodução

Deputada federal e presidente nacional do Podemos, Renata Abreu criticou a atitude do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, por mostrar o dedo do meio a manifestantes brasileiros que protestavam contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em Nova York. A comitiva do presidente participa da Assembleia Geral da ONU.

“Isso não se faz, ministro! Desnecessário e injustificável. Pra nós, brasileiros e pessoas públicas, é uma vergonha tal compostura de um ministro de Estado. Qual a credibilidade que despertamos lá fora?”, divulgou em suas redes sociais.

Em vídeo postado nas redes sociais, é possível ver que Queiroga se levanta do banco do veículo e aponta o dedo médio para o grupo, chacoalhando as mãos sem parar. Os manifestantes estavam na calçada em frente ao hotel em que a comitiva brasileira está hospedada.