Como intermediadora entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os hospitais, a futura UPA 24 horas na cidade deverá suprir a demanda dos pronto-socorros, ampliando e melhorando o acesso aos serviços de urgência. Esta é considerada uma das maiores ações da área para este ano, pois a construção da UPA 24h vai garantir a extensão dos serviços emergenciais realizados nas unidades de saúde do município.

 

A obra teve início no final de 2013 e os trabalhos estão em andamento e de acordo com a Secretaria de Planejamento e Gestão devem ser concluídos em breve.

 

O prefeito Jaci Tadeu, destaca que o funcionamento 24 horas reforça o atendimento emergencial na cidade. “Quando em funcionamento, a unidade servirá de suporte para as UBS, além de oferecer aos moradores mais uma opção para que eles possam recorrer em situações de emergências médicas. O funcionamento da UPA beneficiará a população, pois é uma conquista que virá reforçar o pronto atendimento com maior capacidade e mais recursos”, disse o prefeito.

 

Ainda de acordo com o departamento, o terreno para o funcionamento da nova unidade de saúde conta com área total de 7.450,40m², sendo 2.251,27m² revertidos para a área de instalação da UPA. Serão sete consultórios, sendo obrigatoriamente um destinado à Ginecologia/Obstetrícia e outro para Odontologia. A unidade também terá serviços de Ortopedia, além de oferecer suporte para a efetuar exames e raio x.

 

A estratégia de atendimento está diretamente relacionada ao trabalho do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que realiza o primeiro atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde.

 

Na unidade, os pacientes serão avaliados de acordo com uma classificação de risco, podendo ser liberados ou permanecer em observação por até 24 horas ou, se necessário, serão removidos para um hospital de referência.