Garoto de 10 anos morre ao fazer desafio proposto na internet
Foto: Reprodução

Um menino de 10 anos morreu na noite desta quinta-feira (25), em Belo Horizonte, depois de participar do desafio do desodorante, popular em uma rede social. 

João Vitor Santos Mapa estava em casa, no bairro Pirajá, na região nordeste da capital mineira. Segundo a família, ele foi ao quarto levar um medicamento para o irmão. Logo depois, entrou no guarda-roupa, fechou a porta e aspirou o conteúdo de um frasco de desodorante.

Outro irmão encontrou o corpo do garoto ao abrir o armário. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado, mas não teve tempo de realizar o socorro. Os médicos constataram que João teve uma parada cardiorrespiratória.

Veja mais:

Em entrevista à Record TV Minas, Fabiano Teixeira, pai da criança, disse que o filho era brincalhão, estudioso e, assim como os três irmãos, usava a internet com supervisão. Ele contou que jamais imaginava que o filho tivesse contato com esse conteúdo e pudesse realizar o ato.

O desafio do desodorante se popularizou nas redes sociais. Em uma das modalidades da brincadeira, vence a batalha quem consegue inalar a maior quantidade do produto. Os vídeos são postados para mostrar a resistência.

Em 2017, outra armadilha da internet, conhecida como baleia azul, chamou atenção ao propor desafios que iam de ouvir música a automutilação.

Fabiano alerta os pais para que fiquem de olho no conteúdo que as crianças acessam pelas redes.

O corpo da criança será enterrado em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira (26). 

Reprodução R7