OBRAS Itapevi é a primeira cidade na Região Oeste a implementar coleta de resíduos sólidos
Foto: Reprodução PMI

Pioneiro na Região Oeste no sentido de implementar uma política pública responsável e eficiente de coleta de resíduos sólidos, Itapevi colocou em prática, nesta segunda-feira (15), a novidade.

Com a medida, a Prefeitura atende a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010), que prevê uma série de modificações na coleta de lixo em todo o país. Em setembro de 2021, o município assinou a primeira PPP (Parceria Público Privada) com a empresa “Mais Itapevi”.

Em menos de um ano, a empresa começou a operar com novas normas e diretrizes para uma coleta de resíduos sólidos efetiva e atenderá aos requisitos primordiais para a conservação, preservação do meio ambiente e geração de renda. Com isso, o município torna-se a primeira cidade da região Oeste a cumprir a determinação federal.

+Jovem é hospitalizada após ser agredida pelo marido em Carapicuíba

+Itapevi registra mais de 1,9 mil atendimentos do programa Guardiã Maria da Penha

+Prefeitura de Itapevi e empresas de tecnologia oferecem 1,3 mil vagas de emprego para moradores da cidade

Nesta segunda-feira (15), a Prefeitura e a Mais Itapevi entregam uma frota renovada, além de iniciar a coleta seletiva, a construção de lixeiras subterrâneas no centro e em breve a implementação da Escola do Meio Ambiente e quatro ecopontos. No evento ocorrido na Escola do Futuro do Suburbano, foram apresentados 19 veículos, sendo nove caminhões de lixo, seis caminhões para serviços de zeladoria, um caminhão pipa, uma varredeira mecânica, uma retroescavadeira, e um caminhão basculante.

Coleta seletiva

Também nesta segunda-feira (15), de uma forma piloto, foi dado início ao inédito serviço de coleta seletiva em Itapevi. São 15 bairros neste primeiro momento, mas em breve toda a cidade será contemplada. A iniciativa tem como objetivo diminuir o lixo, a sujeira nas ruas, a proliferação de doenças e a geração de rendas com o trabalho conjunto com as cooperativas.

Escola do Meio Ambiente

Prevista para o próximo ano, a Escola do Meio Ambiente está vinculada à Secretaria Municipal de Educação. Ou seja, os cerca de 29 mil alunos terão acesso a ela. A nova unidade educacional será instalada nos bairros Vitápolis/Cardoso e terá a proposta de ensinar para as próximas gerações a cuidar, respeitar e preservar o meio ambiente, além dos cuidados necessários com o lixo, como por exemplo a separação seletiva.

Lixeiras subterrâneas

Nesta segunda-feira (15) também começaram a ser instaladas oito lixeiras subterrâneas com capacidade de armazenagem de 3 mil litros na região central, nos locais onde atualmente existem contêineres. Essa é uma forma para preservar o ambiente e manter os locais mais limpos e salubres para a população. Eles deverão ser instalados em cerca de 60 dias. Com a novidade, a população terá seu lixo mais organizado, sem que os sacos sejam manipulados por animais e rasgados e a coleta será toda mecanizada.

Ecopontos

A Mais Itapevi vai instalar quatro novos Ecopontos na cidade no próximo ano nos seguintes bairros: Cardoso, Cohab, Santa Rita e Jardim Rosemary.