Foto: PMI

Clique Aqui e envie um “OI” pelo WhatsApp para receber mais notícias de Itapevi e do Brasil em seu celular gratuitamente


A saúde de Itapevi está em transformação. A Prefeitura já entregou o CIS (Centro Integrado de Saúde), ampliou o PS Central, está construindo duas UBS, a do Jardins Rainha e Briquet/Santa Cecília. Entre as inúmeras melhorias, está a construção do novo PS Amador Bueno, a obra já está com 59% executada. A unidade fica na Rua João Nacif Chaluppe, 50.

Todas essas mudanças tem o objetivo de melhorar a prestação dos serviços na área da saúde e consequentemente atender com mais qualidade o cidadão neste momento delicado.

As obras no PS Amador Bueno foram iniciadas em maio do ano passado e a estimativa é que sejam concluídas no segundo semestre deste ano. Essa construção suprirá o atual e antigo Pronto Socorro, com estrutura obsoleta e que será desativado após a conclusão do novo. O valor do investimento é de R$ 9.259.215,22 e os recursos são da própria Prefeitura.

Qual será a “cara” do novo PS

A área do terreno onde está sendo construído o novo equipamento é de 7.001,70 m². O local contará com pavimentos térreo, de 1.450,00 m², e inferior, de 520,00 m², um total de área construída de 1.970,00 m².

A unidade médica terá a seguinte configuração: sala de observação, pediatria, salas de reunião e direção, banheiros masculinos e femininos com acessibilidade, trocador, salas de medicação, inalação, coleta de exames, gesso, raio-x, eletrocardiograma e triagem. O espaço ainda dispõe de quatro consultórios, serviço social, salas de espera, de higienização, curativos e suturas, além de farmácia.

A unidade ainda irá contar com sala de emergência e CME (Centro de Materiais Hospitalares e Esterilização), vestiários, refeitório, copa, almoxarifado e depósito, além de área específica para lixos comuns, orgânicos e hospitalares. O local contará com vigilância da GCM durante seu funcionamento. A construção é da empresa Código Engenharia e Construções Ltda.

Programa Itapevida

A construção do novo PS de Amador Bueno é uma das 20 ações do programa Itapevida, uma iniciativa implementada em 2019 para transformar o atendimento clínico na rede municipal. O programa é uma resposta da Prefeitura aos problemas crônicos causados pela falta de financiamento adequado e problemas na gestão – que é compartilhada por Estados, municípios e Governo Federal.

Ele foi construído a partir do diagnóstico feito pelo Hospital Albert Einstein, que prestou consultoria à administração municipal ao longo de 2018, sugerindo melhorias e aprimoramentos ao setor.