COMPARTILHAR

 

Após a denúncia de acompanhantes de pacientes internados no Pronto Socorro Central de Itapevi, a equipe de reportagem do programa “Balanço Geral” da Rede Record, realizou uma reportagem sobre o problema. De acordo com a denúncia, os acompanhantes e os pacientes dos 3 hospitais  municipais precisam levar o próprio alimento, pois a secretaria da saúde do município não disponibiliza alimentação, tanto para a ala adulta, como também para a ala pediátrica.

Em nota destinada á redação do programa, a Prefeitura Municipal de Itapevi esclareceu que os pacientes não deveriam ficar internados no Pronto-socorro por mais de 6 horas, e aqueles que ficam, permanecem ali devido a não disponibilidade de vagas nos hospitais administrados pelo Governo Estadual, sendo estes os mais preparados para acolher pacientes que precisam permanecer internados por mais tempo. De acordo com a reportagem, a Prefeitura Municipal também se comprometeu a se adaptar a necessidade de oferecer alimentação aos pacientes e acompanhantes que precisarem permanecer no PS por mais tempo. O que demonstra que, devido a incapacidade que o governo do estado tem de atender a demanda de pacientes,  a prefeitura se prontifica a fazer aquilo que não lhe compete, em prol do bem do cidadão.

 

O material foi ao ar nesta sexta-feira (28/02) e o IR está disponibilizando com exclusividade:

Assista ao vídeo: