COMPARTILHAR
Tirullipa também é alvo de mandado de busca e apreensão pelo MP em sua residência
Foto: Reprodução/UOL

Mais uma celebridade teve sua casa invadida pela polícia, o humorista Tirullipa. Além de Deolane Bezerra, um mandado pelo Ministério Público de São Paulo pediu uma busca e apreensão na casa do humorista.

A investigação se deve a um suposto crime contra a economia popular e associação criminosa, configurado como ocultação de bens. As informações são de Léo Dias, do Metrópoles.

+Operação em Alphaville: polícia cumpre mandado de busca e apreensão na mansão de Deolane

Foram apreendidos ao todo, quatro folhas de cheque preenchidas no valor de R$ 30 mil, R$ 27.601 mil em cédulas, quatro agendas com anotações, duas folhas com nomes de pessoas, folha manuscrita com nome de nascimento de Tirullipa, informações do imposto de renda, anotações de despesa, celular, declaração de faturamento e contrato de locação residencial e gerenciamento de marca.

A ação do MP seria motivada porque Tirulipa fez propagandas para uma empresa que está sendo investigada por lavagem de dinheiro. Segundo informações do site Metrópoles, trata-se da Betzord,empresa de apostas esportivas que é alvo de uma investigação do Ministério Público de São Paulo por suposto crime contra a economia popular.

+Dom Luiz de Orleans e Bragança morre em SP aos 84 anos

Tirulipa se pronunciou nas redes sociais. O humorista divulgou uma nota assinada por Caio Sanas Advogados. Segundo a defesa do humorista, ele não possui qualquer envolvimento com a empresa investigada. “Todos os valores e itens apreendidos em sua casa são provenientes de seu trabalho, legalmente declarados e já estão sendo devolvidos ao artista, que segue contribuindo com toda investigação e à disposição da Justiça”, afirma o comunicado.

+Polícia marca interrogatório de médico Renato Kalil sobre violência obstétrica contra Shantal Verdelho